Escrito por Enilda Falcão Lins    Qui, 14 de Abril de 2011 04:07
PDF
Onde Está Seu Coração?
Tamanho da Fonte

Se as nossas riquezas aumentam, não ponhais nelas o coração”. (Salmo 62:10)

Talvez você já tenha passado momentos financeiros difíceis em sua vida, onde o dinheiro era pouco, mal dava para comparar o alimento, roupas para a família, pagar escola para os filhos. Na verdade, hoje vivemos um momento econômico em crise, quando temos que ter muita sabedoria no gastar o dinheiro que ganhamos.

Estou me referindo agora a pessoas que possuíam certa condição de vida, classificada como boa, que lhes dava uma condição de conforto e, de repente tudo começou a andar para trás. Há casos em que Deus permite que tal coisa aconteça para ensinar ao seu servo, uma lição de mordomia. Tudo que temos pertence a Deus. Temos de ter consciência disso. Desde a nossa própria vida, pois fomos comprados por um preço muito precioso, o sangue de Jesus Cristo, até as outras coisas que temos, na verdade são do Senhor. Nossa casa, nosso carro, nosso escritório, o sítio, a esposa, os filhos, os netos, enfim, tudo pertence ao Senhor. Este é o pensamento correto de quem é mordomo fiel.

Muitos ganhavam bem e, por gastarem mal, tiveram de passar por uma dura lição de vida. O dinheiro que ganhavam não dava para nada, pareciam ser colocados em saco furado. Passaram a dever no comércio, a não honrar os compromissos e, mesmo devendo, ainda faziam gastos enormes. Como saíram dessa situação? Apenas com o arrependimento. Com a confissão dos pecados a Deus e, a disposição de ser um filho obediente ao Pai. Deus é misericordioso. Quando ele vê que o seu filho está verdadeiramente quebrantado, arrependido e disposto a mudar, Ele transforma a situação dele. Quando o Senhor observa que houve aprendizado e, que a pessoa se dispôs a ser bom mordomo, então Ele começa a abrir as janelas dos céus.

Agora vem um momento de cautela, de vigilância. Quando o Senhor reverte o quadro e começa a prosperar o seu servo, ele deve dar comprovação de que aprendeu a lição de mordomia, sendo agora um dizimista fiel, deve passar a gastar com disciplina, ser liberal para com a causa do Senhor, não manter o coração nas riquezas.

Reflexão: Que tipo de mordomo tem sido você? Mordomo fiel ou infiel? Que o seu coração não esteja colocado nas riquezas do mundo, pois elas nada valem, mas, que possa estar juntando “um tesouro no céu onde a traça e a ferrugem não corroem”. Amém.

 

Enilda Falcão Lins

Enilda LinsDrª.Enilda Lins, esposa do Pr. Isaías Andrade Lins Filho há 48 anos. Mãe de 3 (três) filhos, avó de 6(seis) netos. É Bacharel em Direito, advoga, é especialista na área de Direito de Familia, sendo Membro Efetivo do Instituto Brasileiro de Direito de Familia - IBDFAM.

Exercendo a advocacia há mais de trinta anos, a dra. Enilda Lins já exerceu diversas atividades no Serviço Público Municipal e também no Serviço Público Federal. Escritora de diversos artigos publicados em revistas e sites de cunho evangélico.


Autor deste Artigo: Enilda Falcão Lins

Exibir outros Artigos deste Autor

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Arquivos Recentes

Planejamento 2014 Download

Login Form

Informe seus dados de acesso

Esqueceu sua senha? Registrar-se

Siga também...